A Feira de San Isidro está de volta, o evento ainda está vivo

A Feira de San Isidro está de volta, o evento ainda está vivo

“A vida retorna, San Isidro retorna” é o lema da Feira de touradas de Madri, a mais importante e prestigiada do mundo, que começa no domingo, 8 de Maio, e vai até 5 de junho.

San Isidro retorna após dois anos de pandemia para confirmar que o festival de touradas ainda está vivo, apesar das conseqüências desastrosas que a covid-19 teve em todos os setores de touradas.

No dia em que a Feira de abril termina com Manuel Escribano sendo trancado antes de seis touros Miura, a Plaza De Las Ventas abre suas portas para a primeira celebração de um ciclo em que a grande maioria dos toureiros interessantes das fileiras e um buquê participarão do melhor da cabine brava.

O festival de touradas regressa em todo o seu esplendor, esperando que o público responda e confirme que os medos gerados pela pandemia foram superados.

Um total de 29 festividades são anunciadas – 24 touradas, 3 novilladas e 2 rejoneo shows – e 47 toureiros, 9 novilleros e 6 rejoneadores participarão.

Quem aparecerá na Feira San Isidro?

Não será Emile de Just, imerso em um longo período de recuperação após a brutal cambalhota que sofreu na arena de Madri no último domingo de Ramos, e suas três aparições serão cobertas dependendo do desenvolvimento das festividades, conforme anunciado pela empresa Plaza 1; nem serão, entre outros, e devido ao desacordo com os gerentes de Venteños, o Destro Cayetano e o rejoneador Diego Ventura.

Por outro lado, Paco Urena ele se tornou um dos grandes protagonistas da feira porque em 21 de maio ele caminhará sozinho diante de seis Touros de diferentes rebanhos. Mais do que uma decisão ponderada, esse desafio parece uma escolha forçada pelo incompreensível abandono comercial de um dos toureiros mais interessantes das fileiras.

Apenas um matador enfrentará o desafio de atuar quatro tardes no ciclo; Alexander Talavantque foi temporariamente removido do ringue em outubro de 2918 e reapareceu na cidade francesa de Arles em setembro de 2021. Tem desaparecido das arenas espanholas ao longo da pandemia, aparentemente em desacordo com a limitação da capacidade, e voltar agora com reconhecimento imerecido.

A Feira de San Isidro está de volta, o evento ainda está vivo

Três toureiros farão o paseíllo três tardes (Morante de La Puebla, Daniel Luque e Ginés Marín). Em duas ocasiões, 10 destros se vestirão como luzes: Roca Rey, Antonio Ferrera, Diego Urdiales, El Juli, Gonzalo Caballero, José María Manzanares, Juan Ortega, Manuel Escribano, Pablo Aguado, Román e Tomás Rufo. E um único paseo será feito por trinta matadores.

Até oito confirmações alternativas são anunciadas no ciclo (Diego Carretero, Fernando Adrián, Tomas Rufo, Leo Valadez, Juanito, Damián Castaño, Alejandro Marcos e o rejoneador Guillermo Hermoso de Mendoza), e um novillero tomará a alternativa (Rafael González).

Quanto às fazendas, 25 serão os ferros que serão tratados neste San Isidro; entre eles, uma representação de oito invasões diferentes (Albaserrada, Núñez, Gamero Cívico, Domecq, Murube, Atanasio-Lisardo, Santa Coloma, Ybarra…) que expõem assim a diversidade da cabana Selvagem.

Dentro do variado elenco de gado, destaca-se a tripla presença de Fuente Ymbro, com uma tourada e duas touradas, além de Victoriano del Río, que fará o dobro. Os conhecidos Ferros De La Quinta, El Parralejo, Pedraza del Yeltes, Domingo Hernández, Torrealta, Juan Pedro Domecq, Puerto De San Lorenzo, Samuel Flores, José Escolar, Alcurrucén, Adolfo Martín e Victorino Martín, entre outros, compõem o cartel de gado.

As datas são as seguintes:

  • Domingo, 22. El Fandi, Manuel Escribano e Leo Valadez (confirma a alternativa) (touros Torrealta).
  • Segunda-feira, 23. Tourada. Manuel Diosleguarde, Jorge Martínez e Álvaro Alarcón (direção de Fuente Ymbro).
  • Terça-feira, 24. Daniel Luque, José Garrido e Juanito (confirma a alternativa) (touros Valdefresno).
  • Quarta-feira, 25. Diego Urdiales, Roca Rey e Ginés Marín (Touros de Fuente Ymbro).
  • Quinta-feira, 26. Morante de La Puebla, Juan Ortega e Pablo Aguado (Touros de Juan Pedro Domecq).
  • Sexta-feira, 27. Diego Urdiales, Alejandro Talavante e um substituto para Emilio De Justo (Touros de Victoriano del Río).
  • Sábado, 28. Juventude Correr. Gonzalo Caballero, Román e David de Miranda (Touros de Luis Algarra).
  • Domingo, 29. Rejoneo show. Pablo H. De Mendoza, Lea Vicens e Guillermo H. De Mendoza (confirma a alternativa) (Touros de El Capea).
  • Segunda-feira, 30. Fernando Robleño, Morenito de Aranda e Damián Castaño (confirma a alternativa) (touros Samuel Flores).
  • Terça-feira, 31. Octavio Chacón, Alberto Lamelas e Gómez del Pilar (Touros de José Escolar).
  • Quarta-Feira, 1 De Junho. Corrida de caridade. Morante de La Puebla, um substituto para Emilio de Justo e Ginés Marín (Touros de Alcurrucén).
  • Quinta-feira, 2. Juan Leal, Joaquín Galdós e Rafael González (leva a alternativa) (Touros de Fuente Ymbro).
  • Sexta-feira, 3. José M. Manzanares, Tomás Rufo e Alejandro Marcos (confirma a alternativa) (Touros de El Puerto De San Lorenzo).
  • Sábado, 4. Rafaelillo, Manuel Escribano e Alejandro Talavante (Touros de Adolfo Martín).
  • Domingo, 5. Antonio Ferrera, Sergio Serrano e Román (Touros de Victorino Martín).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here